Instituto Neoenergia inaugura sala de aula de projeto educacional em Rio Claro

24/05/2019 13:24 hs

Na manhã desta sexta-feira (24), o Instituto Neoenergia, em parceria com a COOPCESP e com a Secretaria de Educação de Rio Claro, inaugurou uma sala de aula na CSU Mitiko Matsushita, local onde acontecerão aulas de artes cênicas da escola EMEF Profª Diva Marques Gouvêa, durante o contraturno escolar, para alunos do 1º ao 5ª ano. A iniciativa faz parte do projeto Mentes Brilhantes, desenvolvido pela Elektro, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, que trabalhará as habilidades socioemocionais das crianças, envolvendo criatividade, arte e comunicação, impulsionando o desempenho acadêmico, além de oferecer orientação vocacional e acompanhamento psicopedagógico.

O projeto contempla a revitalização de um espaço para receber as atividades, que contarão com professores de teatro. “Nas aulas, os professores trabalharão com os alunos o desenvolvimento da expressão e autoestima, características que fazem toda a diferença na vida da criança. Ainda, é uma oportunidade para tratar temas mais complexos, como o bullying, de maneira lúdica, com uma linguagem de fácil entendimento”, comenta Renata Chagas, Diretora do Instituto Neoenergia.

A parceria tem duração até dezembro de 2019 e será desenvolvida com alunos de mais três escolas da cidade: EM Darci Reginatto, EM Victorino Machado e EM Jardim das Palmeiras. A expectativa é atender cerca de mil alunos e que, posteriormente, as escolas absorvam a iniciativa, garantindo sua continuidade e a sustentabilidade do projeto.

Sobre o Instituto Neoenergia
O Instituto tem o propósito de fomentar o desenvolvimento de ações sociais nas áreas em que o Grupo Neoenergia, seu mantenedor, atua por meio dos seus negócios em geração, transmissão, comercialização e distribuição de energia, onde detém áreas de concessão na Bahia (Coelba), Pernambuco (Celpe), Rio Grande do Norte (Cosern), além de cidades em São Paulo e Mato Grosso do Sul, por meio da Elektro. Todas as Fundações do Grupo Iberdrola se orientam pelo mesmo Plano Diretor, que define os objetivos dos projetos desenvolvidos em todos os países de atuação da Iberdrola. Para o ciclo de 2018 a 2022, o desafio do Instituto Neoenergia é colaborar diretamente com o alcance dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, estabelecidos pela ONU.
Os principais objetivos são a contribuição para a melhoria da qualidade de vida das pessoas mais vulneráveis e a aposta pelo desenvolvimento sustentável, por meio da realização e apoio de projetos dentro dos seguintes pilares: Formação e Pesquisa, Biodiversidade e Mudanças Climáticas, Arte e Cultura, Ação Social e Colaboração Institucional, que busca alianças para alcançar os ODS.